31 de março de 2015

We were a perfect match. Maybe that’s why we burnt out.

Hoje voltou a nostalgia, pois tocaram no assunto "ele" e por mais magoada que esteja com ele, não consigo deixar de pensar na quantidade de aventuras, riscos e momentos que passávamos... Vivíamos um amor tão intenso quando estávamos juntos e isso era o mais importante. Não havia quem nos derrubasse nem quem nos separasse, pois encontrávamos sempre o caminho um para o outro. Mas tornou-se algo que ele não era capaz de lidar quando estávamos separados, e em parte acredito que a culpa foi minha, mas tenho plena consciência que erramos os dois, e não apenas um de nós. Depois de tantas tentativas e oportunidades, o melhor é enterrar a nossa chama, pois já não há nada que a volte a acender.